Classificação dos Ácidos

Classificação dos Ácidos

  • Classificar  os ácidos segundo  a presença de oxigênio,  a volatilidade, o número de  hidrogênios ionizáveis e a força.
  • Mostrar a importância da classificação como método de agrupar compostos de comportamento semelhante.
  • Nomear os ácidos, abordando as regras de nomenclatura da Iupac.

Resumo Sobre Classificação e Nomenclatura dos Ácidos

  • Quanto à presença de oxigênio:

– hidrácidos: sem oxigênio

– oxiácidos: com oxigênio

  • Quanto à volatilidade

– voláteis: evaporam com facilidade

– fixos: evaporam com dificuldade

  • Quanto ao número de H+

– monoácidos 1 H+

– diácidos 2 H+

– triácidos 3 H+

– tetrácidos 4 H+

ácido de arrhenius

  • Quanto à força

– fortes: α ≥ 50%

– moderados: 5% ≤ α < 50%

– fracos: α < 5%

  • Hidrácidos

– fortes: HC, HBr, HI

– moderado: HF

– fracos: os demais

  • Oxiácidos

x = no de O – no de H+

Se:

x = 3 o ácido é muito forte;

x = 2 o ácido é forte;

x = 1 o ácido é moderado;  

x = 0 o ácido é fraco.

Nomenclatura dos ácidos

Para os hidrácidos: Ácido + nome do elemento ou radical + ídrico

Para os oxiácidos: Neste caso, a regra apresenta algumas subdivisões:

  • Famílias 3A, 4A, 5A, 6A

nomenclatura dos ácidos

  • Família 7A

nomenclatura acidos

Grau de hidratação dos ácidos

Para diferenciar graus de hidratação, utiliza-se a seguinte regra:

orto (maior grau de hidratação)

piro (grau de hidratação intermediário)

meta (menor grau de hidratação)

Oi, Me Chamo Elen Pereira e Quero Te Ajudar Com a QUÍMICA Para CONCURSOS!

Elen Pereira

Produtora de materiais didáticos específicos para estudantes que estão se preparando para concursos públicos que cobram química no edital.

Website: https://quimicaparaconcursos.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.