➡️➡️➡️ RESOLUÇÃO Nº 2 DE 1º DE JULHO DE 2015 do Ministério da Educação. Art. 14. Os cursos de formação pedagógica para graduados não licenciados, de caráter emergencial e provisório, ofertados a portadores de diplomas de curso superior formados em cursos relacionados à habilitação pretendida com sólida base de conhecimentos na área estudada, devem ter carga horária mínima variável de 1.000 (mil) a 1.400 (mil e quatrocentas) horas de efetivo trabalho acadêmico, dependendo da equivalência entre o curso de origem e a formação pedagógica pretendida. § 1º A definição da carga horária deve respeitar os seguintes princípios: I – quando o curso de formação pedagógica pertencer à mesma área do curso de origem, a carga horária deverá ter, no mínimo, 1.000 (mil) horas; II – quando o curso de formação pedagógica pertencer a uma área diferente da do curso de origem, a carga horária deverá ter, no mínimo, 1.400 (mil e quatrocentas) horas; III – a carga horária do estágio curricular supervisionado é de 300 (trezentas) horas; IV – deverá haver 500 (quinhentas) horas dedicadas às atividades formativas referentes ao inciso I deste parágrafo, estruturadas pelos núcleos definidos nos incisos I e II do artigo 12 desta Resolução, conforme o projeto de curso da instituição; V – deverá haver 900 (novecentas) horas dedicadas às atividades formativas referentes ao inciso II deste parágrafo, estruturadas pelos núcleos definidos nos incisos I e II do artigo 12 desta Resolução, conforme o projeto de curso da instituição;
VI – deverá haver 200 (duzentas) horas de atividades teórico-práticas de aprofundamento em áreas específicas de interesse dos alunos, conforme núcleo definido no inciso III do artigo 12, consoante o projeto de curso da instituição;: Acesse aqui: http://portal.mec.gov.br/docman/agosto-2017-pdf/70431-res-cne-cp-002-03072015-pdf/file

➡️➡️➡️ RESOLUÇÃO CNE/CP N º 2, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2019 do Ministério da Educação. CAPÍTULO VI – DA FORMAÇÃO PEDAGÓGICA PARA GRADUADOS Art. 21. No caso de graduados não licenciados, a habilitação para o magistério se dará no curso destinado à Formação Pedagógica, que deve ser realizado com carga horária básica de 760 (setecentas e sessenta) horas com a forma e a seguinte distribuição: I – Grupo I: 360 (trezentas e sessenta) horas para o desenvolvimento das competências profissionais integradas às três dimensões constantes da BNC-Formação, instituída por esta Resolução. II – Grupo II: 400 (quatrocentas) horas para a prática pedagógica na área ou no componente curricular. Fonte: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=135951-rcp002-19&category_slug=dezembro-2019-pdf&Itemid=30192

Baixe RESUMOS Com 35 Conceitos De QUÍMICA Que Você Precisa Dominar Para Concursos Públicos!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

3 Comentários

  1. Ana Laura disse:

    Ajudou bastante 🙂

  2. Geisse disse:

    Olá, tudo bem? Parabéns por compartilhar seu conhecimento..🙏 pode me ajudar em uma situação..? Não sou da área de química, sou formada em Administração de empresas e tenho interesse na fazer pedagogia e me deparei com a formação pedagógica em pedagogia.. vc saberia me dizer se posso fazer o curso em 790hs? Conforme a segunda resolução? E em que posso atuar como pedagoga? Desde já agradeço muito..

    • Elen Pereira disse:

      oi Geisse! Cada instituição define a quantidade de horas da formação pedagógica, porém o MEC define o mínimo de 760 horas no CAPÍTULO VI – DA FORMAÇÃO PEDAGÓGICA PARA GRADUADOS Art. 21. No caso de graduados não licenciados, a habilitação para o magistério se dará no curso destinado à Formação Pedagógica, que deve ser realizado com carga horária básica de 760 (setecentas e sessenta) horas com a forma e a seguinte distribuição: I – Grupo I: 360 (trezentas e sessenta) horas para o desenvolvimento das competências profissionais integradas às três dimensões constantes da BNC-Formação, instituída por esta Resolução. II – Grupo II: 400 (quatrocentas) horas para a prática pedagógica na área ou no componente curricular.

      Acessa aqui a Resolução completa do MEC: http://portal.mec.gov.br/docman/dezembro-2019-pdf/135951-rcp002-19/file

      Como Licenciada em Pedagogia você pode prestar várias provas, abre um leque de opções gigantesco… sem emprego você não fica, pode ter certeza! É só dar uma pesquisada nos Editais abertos para Licenciado em Pedagogia aí na sua cidade. Geralmente no município você consegue trabalhar fácil na Educação Infantil, mas te abre possibilidades de prestar concursos públicos como Pedagoga também em Institutos Federais. E se tem pós em Educação Especial, dá pra trabalhar, por exmeplo, como Segundo Professor de Turma (que é o meu caso atual) ou no Atendimento Educacional Especializado.

      Bjs e boa sorte!